Moradores protestam

Cascais: Demolidas as últimas barracas do Bairro do Fim do Mundo

O degradado bairro do Fim do Mundo está a ser desactivado desde 2002
Foto
O degradado bairro do Fim do Mundo está a ser desactivado desde 2002 PÚBLICO (arquivo)

A Câmara de Cascais demoliu hoje as últimas barracas do Bairro do Fim do Mundo, no Estoril, sob o protesto dos moradores que acusam a autarquia de não dar alternativa às pessoas.

Segundo Armandinho Sá, da comissão de moradores do bairro, esta manhã a autarquia demoliu 20 barracas e apesar do "ambiente calmo" os moradores protestaram com cartazes onde se lia "as pessoas não têm alternativas".

A demolição foi acompanhada por agentes da PSP e da Polícia Municipal

De acordo com a mesma fonte da comissão de moradores, a população tem-se manifestado a favor da destruição das barracas mas reclama da Câmara Municipal de Cascais alternativas de habitação.

O degradado bairro do Fim do Mundo, onde foram recenseados 287 agregados familiares, está a ser desactivado desde 2002, tendo a mais recente demolição, relativa a nove casas, ocorrido em Março.

Acabar com o bairro do Fim do Mundo, no Estoril, foi uma promessa feita por muitos autarcas, mas cuja solução tem demorado a acontecer.

Contactada hoje pela agência Lusa, fonte da Câmara de Cascais escusou-se para já a comentar as acusações dos moradores remetendo declarações para mais tarde.