Gabinete Coordenador de Segurança em alerta

Ameaça terrorista: autoridades investigam passos de dois paquistaneses em Portugal

Pervez Musharraf inicia hoje um périplo pela Europa
Foto
Pervez Musharraf inicia hoje um périplo pela Europa Moshin Raza/Reuters

As autoridades portuguesas estão a averiguar a informação, avançada pelos serviços de informação espanhóis, de que um ataque terrorista em Portugal seria realizado por dois paquistaneses, disse à Lusa fonte o Gabinete Coordenador de Segurança.

“Essa informação vem quando surge a ameaça de um possível acto terrorista em Portugal e que seria perpetrado por dois paquistaneses”, disse o general Leonel Carvalho. “É apenas uma possibilidade que está a ser estudada”, afirmou, acrescentando que os Serviços de Informação e a Polícia Judiciária estão a averiguar essa informação.

O responsável sublinhou, contudo, que “não há a informação concreta de que os dois paquistaneses estejam em território nacional”.

Nível de alerta mantém-se

O jornal “El Pais” noticiou ontem que Portugal, França, Reino Unido e Espanha foram alertados pela secreta espanhola para riscos de atentados durante o périplo europeu do presidente do Paquistão, Pervez Musharraf.

O chefe de Estado paquistanês inicia hoje uma visita a vários países europeus como Bélgica, França, Grã-Bretanha e Suíça.

Contactado pela Lusa no sábado, Leonel de Carvalho disse que “Portugal pode ter sido colocado nesse conjunto de países face à sua continuidade geográfica com Espanha e não por a ameaça ter como alvo directo Portugal”.

“Não aumentámos o nosso nível de segurança. Não há razão para alarme, além daquele que é já habitual face à ameaça global”, acrescentou.

Sugerir correcção