Moçambique

Morreu o poeta José Craveirinha

José Craveirinha foi galardoado com o Prémio Camões em 1991
Foto
José Craveirinha foi galardoado com o Prémio Camões em 1991 DR

O poeta moçambicano José Craveirinha, considerado um dos maiores expoentes da literatura moçambicana, faleceu na madrugada de hoje na África do Sul, depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral (AVC).

José Craveirinha, de 80 anos, recebeu em 1991 o Prémio Camões, da literatura portuguesa, pelo conjunto da sua obra literária.

Natural de Lourenço Marques, hoje Maputo, onde nasceu a 28 de Maio de 1922, José Craveirinha tinha sofrido um AVC no princípio de Julho do ano passado, quando se encontrava na capital moçambicana, tendo sido internado de urgência numa clínica sul-africana.

O poeta regressara a casa em Novembro último, muito debilitado e remetido a uma cadeira de rodas.

José Craveirinha foi funcionário público, atleta, cronista desportivo e jornalista. Foi também o primeiro presidente da Associação de Escritores Moçambicanos.