Melides

Lula gigante dá à costa na Praia da Galé

Uma lula gigante deu à costa na Praia da Galé, perto de Melides, hoje de manhã. O animal foi avistado, já sem vida, por alguns banhistas.

Desconhecem-se as causas da morte do espécime, com 6,30 metros de comprimento. No entanto, os peritos avançam que a hipótese mais provável está associada a um fenómeno de correntes frias.

O animal foi transportado durante a tarde, por técnicos da Reserva Natural do Estuário do Sado (RNES), para Setúbal, a fim de serem realizadas medições.

Os técnicos da RNES vão congelar a lula gigante para lhe darem tratamento museológico. Segundo Celso Santos, director da RNES, o animal deverá ficar exposto no museu oceanográfico do Portinho da Arrábida.

Teresa Silveira Borges, da Universidade dos Açores, afirmou que é muito raro um exemplar deste tamanho dar à costa portuguesa.

A lula gigante habita as águas profundas, entre os 500 e os mil metros de profundidade, sobretudo em zonas de águas frias.

No Aquário Vasco da Gama está exposto um exemplar capturado por um arrastão em 1972, perto da Terra Nova, com 8,20 metros de comprimento e 207 quilos de peso.

Segundo os peritos, podem existir lulas gigantes com 20 metros de comprimento e 900 quilos de peso.