APRENDER COM O PÚBLICO

Sugestões de atividades todas as segundas-feiras no PÚBLICO na Escola

Propostas de atividades, agora para todos os níveis de escolaridade obrigatória. Desafios que partem de trabalhos do PÚBLICO para articular os conteúdos curriculares com os temas da atualidade.

cidadania-desenvolvimento,sugestoes-atividades,aprender-publico,publico-escola,portugues,ensino-secundario,
Foto
Luísa Gonçalves

    “Dez razões para que 2020 não seja um ano para esquecer"

“A chegada de uma pandemia ensombrou o virar da década e fez com que o mundo enfrentasse um período negro. Mas também houve uns vislumbres de luz: no mesmo ano em que ouvimos falar pela primeira vez do SARS-CoV-2, desenvolveu-se uma vacina em tempo recorde. Foi um ano de conquistas no desporto português e um ano de intensa produção científica.”

Destinatários: Alunos do 3.º ciclo e do ensino secundário

Disciplinas: Português/Cidadania e Desenvolvimento

Pré-requisitos: Construção de texto cumprindo as três fases: planificação, textualização e revisão; conhecimento sobre os principais acontecimentos ocorridos em 2020.

Material: Texto Dez razões para que 2020 não seja um ano para esquecer de Claudia Carvalho Silva (texto) e Miguel Feraso Cabral (ilustração), publicado no PÚBLICO, em 27 de dezembro de 2020; projetor de vídeo (opcional); computador.

Duração da proposta de atividades: Deixamos ao critério do professor a gestão do tempo, de acordo com os recursos de que dispõe e das caraterísticas da sua turma.

Objetivos:

  • Reconhecer como os textos mediáticos sustentam conceções do mundo particulares e comunicam valores morais e/ou políticos;
  • Interpretar o sentido global e a intencionalidade comunicativa do texto com base em inferências devidamente justificadas;
  • Redigir o texto com domínio seguro de organização em parágrafos e dos mecanismos de coerência e de coesão textuais.

Antes da leitura

  • Diálogo sobre os principais acontecimentos que marcaram o ano de 2020;
  • Identificação das principais fontes de informação usadas pelos alunos (imprensa, TV, redes sociais, sítios na internet);
  • Registo coletivo das palavras ou expressões que surgem/emergem aos alunos quando pensam no ano de 2020 (brainstorming de cinco minutos);
  • Registo dessas palavras ou expressões numa tabela com duas colunas: coluna dos aspetos positivos e coluna dos aspetos negativos;
  • Análise, debate e apresentação de conclusões a partir da tabela preenchida;
  • Antecipação do conteúdo do texto, a partir do título: A qual das duas colunas poderiam atribuir o título do texto?

Leitura

Os alunos

  • Leem o texto, projetado ou em suporte papel;
  • Identificam os autores do texto e das imagens, a publicação e os tópicos associados ao texto (ver no final do texto);
  • Verificam se a perceção que tinham antes da leitura é coincidente com a da pós-leitura;
  • Analisam a estrutura do texto;
  • Incluem cada uma das dez razões num tema/área ou secção (política, economia, ciência, ...);
  • Fazem o levantamento das principais palavras/expressões do texto que caraterizam o ano de 2020;
  • Comparam as principais palavras/expressões do texto com o que consta na tabela que preencheram;
  • Completam-na com essas palavras/expressões do texto, seguindo a mesma lógica de separação em duas colunas.

Depois da leitura

“Estes dez temas seleccionados pelo P2 não pretendem ser levianos, nem eclipsar o lado negro do que se passou em 2020; também não correspondem a uma lista exaustiva de tudo o que de positivo aconteceu nos últimos meses. São tão-somente alguns dos momentos que cunharam um lado menos negativo de 2020, para nos lembrar que também existiram coisas boas num ano que virou o mundo do avesso.”

Os alunos

  • Elaboram individualmente um texto seguindo a estrutura do texto do PÚBLICO, enumerando dez aspetos positivos que, no plano mais pessoal e próximo da sua realidade, salientariam do ano de 2020;
  • Enriquecem o texto, inserindo hiperligações a outros textos, trabalhos, notícias, de modo a acrescentar informação ou diferentes perspetivas sobre o ano de 2020;
  • Selecionam uma imagem (foto, ilustração, gráfico...) para cada um dos aspetos positivos apresentados;
  • Constroem um e-book da turma com o conjunto dos textos, planificando previamente o aspeto gráfico, para que resulte num trabalho visualmente coerente.

Avaliação

  • Pelo envolvimento durante todo o processo;
  • Pelo conhecimento que revela do mundo à sua volta;
  • Pela capacidade de análise e sentido crítico;
  • Pelo sentido crítico evidenciado durante a análise e no texto.

Nota: O Jornal PÚBLICO não é escrito segundo o Acordo Ortográfico de 1990.

Tags

Aprender com o PÚBLICO – Sugestão de atividades – Português – Cidadania e Desenvolvimento –3.º ciclo – Ensino Secundário