APRENDER COM O PÚBLICO

“Coisas boas ainda podem acontecer”

Claro que sim. Coisas boas estão sempre a acontecer. E coisas boas também são notícia no PÚBLICO. Está lançado o desafio semanal do PÚBLICO na Escola com mais uma sugestão de escrita e de ilustração.

educacao-visual,cidadania-desenvolvimento,sugestoes-atividades,aprender-publico,publico-escola,portugues,
Foto
Luísa Gonçalves
Imprimir

Claro que sim. Coisas boas estão sempre a acontecer. E coisas boas também são notícia no PÚBLICO. Está lançado o desafio semanal do PÚBLICO na Escola com mais uma sugestão de escrita e de ilustração.

A proposta desta semana:

Criação de um texto narrativo a partir da notícia publicada no jornal PÚBLICO

  • Lê o título da notícia;
  • Identifica o autor, a data e o meio onde a notícia foi publicada;
  • A partir do título, procura antecipar o que vai ser descrito nesta notícia;
  • A história coincidiu com alguns aspetos da tua previsão?;
  • Identifica os principais elementos da notícia, sublinhando com cores diferentes as respostas às perguntas: O QUÊ (o que aconteceu ou vai acontecer); QUEM (os agentes da ação); QUANDO (dia da semana, mês, horas); ONDE (o local do acontecimento); PORQUÊ (os motivos e as razões); COMO (as circunstâncias);
  • Constrói uma tabela com cinco colunas, uma para cada pergunta, e escreve as respostas de acordo com a informação que sublinhaste;
  • Há várias perguntas que ficaram sem resposta: Por que é que os gatos se encontravam no barco? O que causou o incidente? (...) Podes pesquisar num motor de busca da Internet se existem outras notícias sobre este mesmo acontecimento (faz a pesquisa também em inglês). Se encontrares, verifica se a informação é coincidente ou se omite e/ou acrescenta algum aspecto;
  • A partir dos elementos da tabela convidamos-te a criar um texto narrativo com as mesmas personagens, o mesmo espaço e, claro, respeitando as caraterísticas deste tipo de texto que são distintas daquelas que caraterizam o texto do PÚBLICO que acabaste de ler;
  • Quanto ao resto, o antes e o depois, fica à tua imaginação.
  • Dá um título ao teu texto. Um título que nos deixe cheios de vontade de ler o que escreveste!

  • Algumas DICAS:
  • Antes de criares o texto, decide quem queres que sejam os teus leitores, o meio que vais utilizar para o executar e para o publicar. Estas decisões vão ajudar a uma boa planificação e a não te desviares dos teus objetivos.
  • Procura elementos que possam enriquecer o teu conto: outras histórias que conheças e que se relacionem, acontecimentos que tenhas vivenciado ou de que tenhas conhecimento, informação sobre a Tailândia, os barcos, os gatos, o mar...
  • Sê exigente na escolha do vocabulário, na organização das tuas ideias (segue a planificação), na construção das frases, na pontuação, na mobilização de recursos que possam dar identidade à tua escrita e desafiar os leitores.
  • Revê o texto durante todo o processo, corrige as falhas e faz os melhoramentos que aches necessário.
  • Quando terminares o teu texto, e após a revisão final, deixa passar uns tempos antes de publicares. Depois volta ao texto para fazeres nova revisão. Ou, então, pede a alguém para o ler. Esse distanciamento é essencial para detetares falhas que tu, como autor, terás mais dificuldade em identificar.

MAIS SUGESTÕES

  • Com a ajuda do teu professor, ilustra a tua história usando a técnica que consideres que acrescenta significado ao teu trabalho.
  • Envia para publiconaecola@publico.pt
  • Segue-nos em https://www.facebook.com/PublicoNaEscola
  • Nota: O Jornal PÚBLICO não é escrito segundo o acordo de 1990