Dia de Cinema com a FILMIN

Se vê o mundo pelos olhos de um realizador, se os personagens são amigos de infância que ainda hoje o acompanham, se um guião com alma é mais valioso do que qualquer outra coisa, então estes são os dias pelos quais anseia. Dias de Filmin, porque o cinema mudou as nossas vidas.

CLÁSSICOS PARA VER
(PELO MENOS) UMA VEZ NA VIDA

Dr. Estranhoamor

Stanley Kubrick
1964

Apocalypse Now - Final Cut

Francis Ford Coppola
1979

As Asas do Desejo

Wim Wenders
1987

Clássicos para ver (pelo menos) uma vez na vida

Há filmes que atravessam o tempo e marcam gerações atrás de gerações. Autênticas obras-primas que são sempre actuais, seja qual for o contexto social ou político. Vamos recordar os clássicos e lembrar porque é que vale a pena (re)vê-los.

Num curso de cinema, qualquer que seja o professor, o aviso é sempre o mesmo: há filmes obrigatórios e incontornáveis. Na verdade, isso devia ser válido para todos nós, apaixonados pela sétima arte. Independentemente do seu género preferido, se gosta mais de cinematografia francesa ou italiana, há filmes que marcaram o cinema e conhecê-los é entender a sua História.

E se há alguns anos não era fácil encontrar os grandes clássicos do cinema em exibição, hoje há uma plataforma de streaming, acessível através de SmartTV, iOs e Android (telemóveis e tablets), Apple TV, computadores e portáteis e sistemas Chromecast, com os melhores filmes de sempre: a Filmin. Comprometida com a missão de trazer “o cinema que mudou as nossas vidas” para o conforto das nossas casas, na Filmin encontramos um catálogo repleto de obras-primas: os filmes que apaixonaram os nossos pais e, um dia, ainda vão surpreender os nossos netos.

Para começar uma inesquecível viagem pela História do cinema, nada melhor que “Dr. Estranhoamor”, de Stanley Kubrick, um dos mais geniais mestres da sétima arte. Este é um dos casos que demonstra que os grandes filmes são sempre actuais e é fácil encontrar pontos em comum com a nossa época: “Dr. Estranhoamor” é de 1964 mas podia passar-se agora, já que gira em torno de um político louco que, de uma sala de guerra, pode estar prestes a desencadear a maior tragédia humana de todos os tempos. Uma comédia negra imperdível e uma verdadeira lição sobre os perigosos contornos da política e os meandros da guerra.

Continuando no tema da guerra, seguimos para “Apocalypse Now” (1979), um filme de outro dos grandes nomes do cinema, Francis Ford Coppola. Na Filmin encontramos o “final cut”, a terceira e derradeira versão do filme, agora restaurado em 4K, que Francis Ford Coppola considera ser a melhor e a definitiva para esta obra-prima. “Apocalypse Now” é uma visão “shakesperiana” da guerra do Vietname com o inigualável Marlon Brando à cabeça de um elenco de luxo, com Robert Duvall, Martin Sheen e Larry Fishburne.

“As Asas do Desejo” (1987), um dos melhores filmes da década de 80, de outro génio do cinema que é Wim Wenders, é outro dos clássicos a não perder na Filmin. Esta é uma película que nos mostra a cidade de Berlim no pós-guerra, onde dois anjos, Damiel e Cassiel, deambulam e, invisíveis aos mortais, lêem os seus pensamentos e tentam confortar as almas que encontram. Até que um dos anjos apaixona-se por uma trapezista, e deseja tornar-se humano para experimentar as alegrias e tristezas de cada dia. Um drama inesquecível, que explora as vicissitudes da vida humana, as mais diversas expressões do sofrimento e do amor.

E não podíamos terminar sem deixar a nota que, como verdadeiros apaixonados pelo cinema, a Filmin tem um canal especial dedicado aos clássicos, com dezenas de títulos, além dos citados, de outros mestres como Robert Bresson, Jean-Luc Godard, Jean Eustache, Michelangelo Antonioni, Federico Fellini, Luchino Visconti, Luis Buñuel, Dario Argento, Kenji Mizoguchi, Akira Kurosawa, Orson Welles, Andrei Tarkovsky e muito mais. Uma autêntica cinemateca para descobrir no conforto do seu sofá. Aproveite e bons filmes!