A hora dos populismos

É o pano de fundo ideal para os populismos, quais reencarnados Savonarolas de pacotilha, agarrarem no justicialismo moralista e gritarem que chegou a sua hora de “salvação” do país.

Ouça este artigo
00:00
07:05

O Presidente da República deu, na segunda-feira, uma inédita conferência de imprensa. Numa sala de reuniões do Palácio de Belém, perante uma parede branca e nua, sem qualquer símbolo do órgão de soberania que ocupa, mas falando na qualidade de primeira figura da hierarquia do Estado, Marcelo Rebelo de Sousa veio, finalmente, dar resposta a uma polémica levantada por notícias da CNN, a 3 de Novembro.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 19 comentários