Notícias sobre transição energética alimentam populismo de extrema-direita

Estudo do Iscte analisou 465 artigos da imprensa nacional e verificou que estes têm um discurso polarizado entre “o bom” e “o mau”, que é aproveitado pelos populistas.

Foto
Notícias sobre transição energética nem sempre são correctamente dadas Duarte Drago
Ouça este artigo
00:00
04:19

Os principais jornais portugueses “tendem a difundir uma perspectiva simplista da descarbonização e do uso das energias verdes”. Facto que “pode alimentar retóricas populistas de extrema-direita, como o Chega”, conclui um estudo do Centro de Investigação e Intervenção Social do Iscte – Instituto Universitário de Lisboa. O Just Energy, nome do projecto, analisou 465 artigos do Correio da Manhã, Observador e PÚBLICO e constatou que “os discursos dos jornais analisados tendem a apresentar essas medidas ora como apenas positivas e um motivo de orgulho para o país”, reforçando assim “posições nacionalistas, ora como apenas negativas”.

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 9 comentários