Ministro da Cultura não vai mesmo reforçar a verba dos apoios bienais às artes

Já houve “um reforço colossal”, insistiu Pedro Adão e Silva no Sardoal, onde esclareceu que os concursos do Programa de Apoio a Projectos também não verão a sua dotação recalibrada.

Foto
O ministro da Cultura não vai mexer nas verbas do apoio às artes Rui Gaudêncio

Pedro Adão e Silva excluiu esta segunda-feira o cenário de um novo reforço na dotação orçamental dos programas de apoio da Direcção-Geral das Artes (DGArtes). Numa sessão pública transmitida em directo a partir do Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal, o ministro da Cultura voltou a fazer um balanço positivo do actual ciclo de apoio às artes e não abriu a porta a quaisquer correcções, apesar da contestação aos resultados dos concursos já lançados.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários