Carla Mendes: “O significado destes protestos na China tem muito mais a ver com o estado da saúde mental pública”

A investigadora do King’s College acredita que será muito difícil uma reversão total da política chinesa de “covid zero” e explica que a estratégia se baseou na “mobilização emocional da população”.

Carla Mendes, investigadora associada do Lau China Institute do King’s College de Londres, acredita que é ainda prematuro saber se as manifestações na China contra a estratégia “covid zero” têm um significado político ou se vão prolongar-se no tempo. Toda a operação de combate ao vírus montada na China foi assente numa “mobilização emocional da população”, diz a académica, e é preciso saber se isso ainda se verifica.

Sugerir correcção
Ler 14 comentários