Sem apoio da DGArtes, a Appleton fechará portas temporariamente

Artistas visuais pedem reforço de verbas nos apoios bienais para resgatar estruturas excluídas. Há “uma razia” nos grandes centros urbanos, alertam.

Foto
Vista da exposição de Luisa Cunha, patente na Appleton no início deste ano Bruno Lopes

A Appleton, um dos espaços independentes que nas últimas décadas vêm marcando a produção das artes visuais em Lisboa, poderá ter de encerrar as portas, pelo menos temporariamente, uma vez que os resultados provisórios dos concursos relativos aos programas de apoio sustentado da Direcção-Geral das Artes (DGArtes) não a colocam em posição elegível para financiamento.

Sugerir correcção
Comentar