Governo quer rever todas as carreiras da ciência e do ensino superior no próximo ano e meio

Entre as prioridades da tutela, estão a regulamentação das carreiras no ensino privado e a revisão do estatuto da investigação científica. “Roteiro negocial” será discutido com sindicatos em breve.

Foto
A ministra Elvira Fortunato esteve esta segunda-feira no Parlamento Nuno Ferreira Santos

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES) quer rever todas as carreiras do sector ao longo do próximo ano e meio e chamou os sindicatos para negociar um “roteiro negocial”, já a partir do próximo mês, em que será definido um calendário dos diplomas a rever. Entre as prioridades do Governo, estão a regulamentação da carreira do ensino privado, que está por fazer há 15 anos, e a revisão do estatuto de investigação científica, que não tem mexidas há mais de duas décadas.

Sugerir correcção
Comentar