Governo não formalizou suspensão de vistos gold a russos. Directiva oral é “pouco ortodoxa”

A orientação do Governo ao SEF para suspender os vistos gold a cidadãos russos após a invasão da Ucrânia foi dada apenas verbalmente. Isso impede o escrutínio, dizem os constitucionalistas.

Foto
Apreciação dos "vistos gold" para cidadãos russos foi suspensa em Fevereiro ENRIC VIVES-RUBIO

Passaram-se oito meses desde que o Governo decidiu suspender a apreciação dos pedidos de vistos de residência para investimento por cidadãos russos, mas até hoje não existe qualquer documento que regulamente esta decisão. A orientação foi dada oralmente ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e, aparentemente, deverá continuar em vigor indefinidamente, até que exista uma nova ordem a nível europeu, sabe o PÚBLICO. Segundo os constitucionalistas ouvidos pelo PÚBLICO, o procedimento está dentro das regras, mas levanta dúvidas.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários