Mais um padre no activo afastado de funções por suspeita de abusos sexuais

Segundo o Patriarcado de Lisboa, a queixa foi apresentada à comissão diocesana de protecção de menores e já seguiu para o Ministério Público. Padre detinha a paróquia de Massamá.

Foto
Igreja Católica em Portugal soma um número crescente de denúncias relativas a abusos no meio eclesial Nelson Garrido

O Patriarcado de Lisboa suspendeu um padre de funções por suspeita de abuso sexual de menores. Numa nota divulgada esta sexta-feira, o patriarcado explica que o padre Luís Cláudio Ferreira dos Santos, pároco de Massamá, foi alvo de uma queixa apresentada junto da comissão diocesana de protecção de menores do patriarcado.

Sugerir correcção
Ler 31 comentários