Estes são os 64 artistas que passaram a fazer parte da colecção do Estado

Foram compradas 73 obras num investimento de 800 mil euros.

Foto
Um dos sete desenhos de Ana Hatherly ("Sem título", tinta-da-china sobre papel, 1996) dr

A Colecção de Arte Contemporânea do Estado (CACE) integrou este ano 73 obras de 64 artistas num investimento de 800 mil euros, o mais alto desde que as aquisições foram reactivadas em 2019, divulgou esta quinta-feira o Ministério da Cultura.

Sugerir correcção
Comentar