Costa sob pressão: taxa sobre lucros excessivos ganha adeptos no PS

Há socialistas que defendem um estudo para avaliar se faz sentido avançar com a criação de um novo imposto. Montenegro pede a Costa que não ceda a pressões.

Foto
António Costa em Leiria LUSA/PAULO CUNHA

A primeira vez que este executivo se referiu à criação de um imposto para as empresas que estão a ter lucros extraordinários graças à crise energética foi na apresentação do programa do Governo. O ministro da Economia lançou o mote, mas rapidamente o primeiro-ministro e o ministro das Finanças afastaram a medida. Porém, recentemente, a pressão dos socialistas aumentou e o tema tem vindo a ganhar adeptos, no PS e em alguma oposição.

Sugerir correcção
Ler 18 comentários