Dez cidadãos russos pediram vistos gold já depois do início da guerra, apesar de estarem suspensos

Nenhum pedido de autorização de residência para investimento por cidadãos russos que chegaram depois da invasão da Ucrânia pela Rússia foi concedido por Portugal.

Foto
O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras não concede vistos para investimento a russos desde Fevereiro Rui Gaudencio

Portugal suspendeu a apreciação de “vistos gold” a investidores russos imediatamente a seguir à invasão da Ucrânia por parte da Rússia, mas isso não impediu os cidadãos dessa nacionalidade de se candidatarem a autorizações de residência para investimento no território nacional ao longo deste ano. Desde a suspensão, no final de Fevereiro, e até Agosto, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) recebeu 10 pedidos de atribuição destes vistos por nacionais russos, todos recusados.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários