Na dúvida, promulgue-se

É algo incompreensível que uma reforma essencial como esta comece assim. Sem ninguém perceber bem, afinal, qual é o caminho.

Não se entende muito bem qual é o caminho, mas promulgue-se. No essencial, é isto que se lê da nota que Marcelo Rebelo de Sousa escreveu ao promulgar o novo estatuto do Serviço Nacional de Saúde (SNS) aprovado pelo Governo.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários