Servir Portugal, acima ou apesar de tudo? O que leva os jovens a seguir as Forças Armadas

Se para uns o universo militar é ainda desconhecido, é lá que outros encontram os valores que procuravam. Com a noção de que são “poucos”, e que “a mesma profissão noutro contexto possa até ser mais bem remunerada”, há quem fique. E há quem saia.

dro daniel rocha 1 junho 2022- PORTUGAL  Amadora - Cadete aluna monica andre
cadetes academia militar �
Fotogaleria
Cadete aluna Mónica André, no 3.º ano do Mestrado Integrado em Ciências Militares da Academia Militar do Exército, na Amadora. Daniel Rocha
militares,administracao-publica,marinha,portugal,governo,defesa,
Fotogaleria

“Nunca pensei entrar para as Forças Armadas”, começa por dizer Pedro Costa. A oportunidade surgiu numa fase em que não estava “feliz” com o emprego que tinha numa fábrica na área da tecnologia mecânica, e um panfleto conduziu-o até ao site de recrutamento do Exército. “Depois de me informar, fiquei interessado e quis mesmo dar o meu máximo para conseguir entrar.”

Sugerir correcção
Ler 5 comentários