Incidentes no hóquei: Benfica pede punições, federação mostra “preocupação”

As agressões registadas no encontro entre Benfica e Sporting, no sábado, motivaram uma reacção dos “encarnados” e um breve comunicado da tutela da modalidade.

Foto
SL Benfica

O Benfica repudiou neste domingo os incidentes que se verificaram no derby de hóquei em patins e pediu à Federação de Patinagem de Portugal (FPP) para punir “severa e exemplarmente” os hoquistas do Sporting. O organismo já tinha feito uma intervenção pública, manifestando “preocupação” com o que se passou no jogo de sábado.

Através da publicação News Benfica, o clube da Luz considerou que os episódios registados no derby, das meias-finais do play-off de apuramento do campeão nacional, “foram demasiado graves e não podem passar impunes”.

“A Federação de Patinagem de Portugal não pode ignorar situações como as que ocorreram no jogo dois da meia-final do campeonato. A impunidade prevalece há demasiado tempo para alguns agentes nesta modalidade”, refere o Benfica.

Na mesma publicação, as “águias” destacam “uma agressão clara de Ferran Font” ao guarda-redes Pedro Henriques, “uma stickada de João Souto na barriga de Lucas Ordoñez” e ainda “um murro de Henrique Magalhães a Pablo Álvarez”. “Estes comportamentos condenáveis dos atletas do Sporting Clube de Portugal têm de ser punidos, severa e exemplarmente. E já. Tem a palavra o Conselho de Disciplina da FPP”, escrevem os “encarnados”.

Horas antes, a Federação de Patinagem de Portugal (FPP) tinha manifestado “elevada preocupação” com os incidentes que se verificaram no pavilhão da Luz e alertado para a necessidade de “premente reflexão, séria, sobre a forma de estar no desporto em Portugal, para bem das modalidades desportivas”.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários