A derrota do SPD na Renânia do Norte-Vestefália pode atingir o Governo nacional

O maior derrotado da noite eleitoral de domingo foi o partido do chanceler, Olaf Scholz, seguido dos liberais. Os Verdes quase triplicaram a sua votação.

Foto
Mona Neubaur, a chefe dos Verdes do estado da Renânia do Norte-Vestefália: o partido é a chave para decidir quem formará o próximo governo Christian Marquardt/EPA

As eleições na Renânia do Norte-Vestefália terminaram com uma pesada derrota do Partido Social Democrata (SPD), que teve o resultado mais baixo no estado depois da II Guerra Mundial, 26,7%, quando o partido nunca tinha ficado abaixo dos 30%. O resultado do Partido Liberal Democrata (FDP) também foi baixo e uma derrota assinalável, com apenas 5,6%, pouco acima do que é preciso para ter representação parlamentar.

Sugerir correcção
Comentar