Governo já pediu a Bruxelas que Península de Setúbal passe a ser uma sub-região

Governo enviou pedido de criação de NUTS II para a Península de Setúbal no último dia do prazo. Autarcas e empresários aplaudem pois, com esta medida, a região pode aceder a fundos comunitários já que deixa de estar englobada na riqueza de Lisboa.

Foto
A península tem sido penalizada no acesso aos fundos europeus Miguel Manso

As empresas e os autarcas da Península de Setúbal esperam que a alteração do mapa das NUTS (Nomenclatura de Unidade Territorial para fins Estatístico), que o governo português enviou à União Europeia nesta terça-feira, permita o início de um novo ciclo de desenvolvimento da região ao sul do Tejo.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários