Rio recusa apoios privados, faz campanha sem carne assada e investe em sondagens feitas por empresa que trabalha para a BBC

Ainda que tenha como objectivo conquistar força eleitoral para ser governo, o PSD de Rui Rio conta gastar “apenas” 1,95 milhões de euros, menos 500 mil euros do que o PS e o valor mais baixo apresentado pelo partido em legislativas.

Rui Rio quer máxima contenção nas despesas com a campanha eleitoral das legislativas que arranca este domingo. Desta vez, a fatia mais gorda vai para financiar estudos qualitativos e quantitativos para o partido e que estão a ser feitos por uma empresa de sondagens que trabalha para a BBC.

Sugerir correcção
Ler 32 comentários