O passado televisivo por um canudo

Há muita televisão antiga que não está disponível na profusão de serviços de streaming que descuram o passado. Que 2022 traga uma outra relação com a memória...

Foto

Em 1996, uma equipa de futebol feminino de um liceu de Nova Jérsia foi em viagem para um torneio. O avião despenhou-se e as jogadoras estiveram presas no meio do nada, no Canadá, durante 19 meses. Passados 25 anos, esse evento, atravessado por condições duras, mortes e canibalismo, continua a assombrar as sobreviventes. É esta a história — fictícia, mas inspirada na equipa que esteve nos Andes em 1972 e em O Deus das Moscas de William Golding — de Yellowjackets, a série de Ashley Lyle e Bart Nickerson que alterna entre o presente e o passado das personagens, num misto de drama, terror e humor, com Melanie Lynskey — perita em amizades adolescentes desde que protagonizou, ao lado de Kate Winslet, Amizade Sem Limites, de Peter Jackson —, Juliette Lewis, Christina Ricci e Tawny Cypress no papel das versões adultas das personagens das jogadoras.

Sugerir correcção
Comentar