Bispos vão centralizar as queixas de abuso sexual apresentadas nas comissões diocesanas

Caberá ao grupo coordenador, além da centralização a nível nacional das denúncias de abusos sexuais, criar regras e procedimentos comuns às 21 comissões diocesanas de protecção de menores

Foto
O grupo de trabalho que vai investigar os crimes de abuso sexual de menores dentro da Igreja desde 1950 já começou a recolher denúncias Nuno Ferreira Santos (arquivos)

Os bispos portugueses prometem reunir “em breve” os representantes das 21 comissões diocesanas para a protecção de menores, “para acertar procedimentos comuns do seu trabalho”. No encontro, ainda sem data anunciada, deverá ser criado finalmente o grupo coordenador que ficará incumbido de assegurar a centralização a nível nacional das denúncias dos crimes de abuso sexual de menores que tenham sido e venham ainda a ser apresentadas junto de cada uma das 21 diferentes comissões diocesanas, criadas por imposição do Papa Francisco.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários