Ex-ministro Azeredo Lopes absolvido de todos os crimes, João Paulino condenado a oito anos de prisão

Pouco mais de quatro anos após o assalto aos paióis nacionais de Tancos e 14 meses depois de ter começado, o julgamento dos 23 acusados neste processo terminou com a leitura da sentença no Tribunal Judicial de Santarém. Vários condenados vão interpor recurso.

Foto
Azeredo Lopes foi acusado pelo Ministério Público de favorecimento pessoal, abuso de poder, denegação de justiça e prevaricação LUSA/PAULO CUNHA

O Tribunal de Santarém absolveu o ex-ministro da Defesa José Azeredo Lopes dos crimes de que vinha indiciado no processo de Tancos e que levaram à sua demissão em Outubro de 2018. Azeredo Lopes foi acusado pelo Ministério Público de favorecimento pessoal, abuso de poderes, denegação de justiça e prevaricação, supostamente por ter tido conhecimento do plano paralelo montado pela Polícia Judiciária Militar para recuperar o material de guerra roubado do complexo militar de Tancos.

Sugerir correcção
Ler 27 comentários