Pet

Mãos ao alto! Chegaram as fotografias mais cómicas da vida selvagem

"Ninja Prairie Dog" - Vencedor da categoria Creatures of the Land ©Arthur Trevinoe / Comedy Wildlife Photography Awards 2021
Fotogaleria
"Ninja Prairie Dog" - Vencedor da categoria Creatures of the Land ©Arthur Trevinoe / Comedy Wildlife Photography Awards 2021

O macaco parecia mesmo estar a gritar “au!” quando, à distância, a dor alheia deu ao fotógrafo amador Ken Jensen o prémio de melhor fotografia no concurso que premeia as imagens mais cómicas de vida selvagem. 

O macaco-de-seda-dourado, muito pouco tímido à beira de humanos, estava na ponte por cima do rio Xun, uma zona florestal em Yunnan, na China, durante as férias de família de Ken Jensen, em 2016. O fotógrafo inglês conta que este macho em particular demonstrava sinais de agressividade. No entanto, na fotografia, como na comédia, o timing é tudo — e a hostilidade ficou fora da imagem. 

Foi óptimo ver uma grande diversidade de animais, dos mais raros ao humilde pombo”, disse Tom Sullam, um dos co-fundadores da The Comedy Wildlife Photo Awards, ao lado de Paul Joynson-Hicks.

Os dois fotógrafos de natureza quiseram, há sete anos, criar uma competição focada no lado mais leve da fotografia de vida selvagem e promover a conservação ambiental através do humor. Este ano, a organização doará 10% dos lucros para a Save Wild Orangutans, que protege orangotangos no seu habitat natural no Brunei.

Este ano, a competição recebeu mais de sete mil fotografias. Em Setembro, foram anunciados os 42 hilariantes finalistas e a votação foi aberta ao público. “O número de imagens que recebemos todos os anos mostra a vontade que existe em proteger a natureza e relembra-nos que a vida selvagem é incrível e hilariante, e devemos fazer tudo o que podemos para a preservar”, disse o fotógrafo.

"Time for school" - Vencedor da categoria Creatures Under Water
"Time for school" - Vencedor da categoria Creatures Under Water ©Chee Kee Teoe / Comedy Wildlife Photography Awards 2021
"I guess summer's over"  - Vencedor da categoria Creatures of the Air e Affinity People's Choice Award