Abdulrazak Gurnah, cronista da experiência africana e do refugiado, é o Prémio Nobel da Literatura 2021

Gurnah escreve em inglês e tem apenas uma obra traduzida em Portugal. É o primeiro africano a receber em mais de uma década.

Foto
Simone Padovani/Awakening/Getty Images

O escritor tanzaniano Abdulrazak Gurnah é o Prémio Nobel da Literatura 2021, anunciou esta quinta-feira a Academia Sueca numa conferência de imprensa transmitida online. Gurnah, que escreve em inglês, é o primeiro africano a receber em mais de uma década e o primeiro tanzaniano distinguido.