Manoel é um filme todo ele dos Sensible Soccers

Na sua origem, está a banda sonora criada para dois filmes de Manoel de Oliveira, mas o quarto álbum dos Sensible Soccers não é complemento dessas imagens.

Foto
Uma das vozes mais surpreendentes e originais da música portuguesa da última década Vera Marmelo

Já havia cinema na música dos Sensible Soccers. De facto, o trio sempre se alicerçou nessa capacidade de transpor imagens para som, sem cair naquela ideia feita de banda-sonora para filmes imaginários. A música dos Sensible Soccers não é cinematográfica nesse sentido. Não é complemento a uma imagem sugerida, a música é ela mesmo, no cuidado rendilhado de sons, nas suas propriedades planantes, no apelo físico dançante sempre presente, as imagens, os planos, os cenários que erige perante o ouvinte.