Portugal enviou 553 mil doses de vacinas dos 3 milhões prometidos aos PALOP e a Timor-Leste

Mais de metade das doses enviadas para os países africanos de língua oficial portuguesa, todas da vacina da AstraZeneca que já não estamos a utilizar, foram para Angola.

Foto
Reuters/LOREN ELLIOTT

O primeiro carregamento saiu de Portugal em 14 de Maio com destino a Cabo Verde. Eram 24 mil doses de vacinas contra a covid-19 a que se juntaram em Julho outras tantas. Desde essa altura e até esta quinta-feira, Portugal enviou 553 mil doses para os países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) e Timor-Leste de um total de três milhões que se comprometeu a doar a estes países, segundo o último balanço da Secretaria de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação. Mais de metade destas doses, todas da vacina da AstraZeneca, foram doadas a Angola.