Autarquias já preparam desactivação dos centros de vacinação em massa

À medida que o país se aproxima dos 85% da população vacinada, algumas autarquias já começaram a preparar a desactivação dos grandes centros de vacinação, passando as vacinas contra a covid-19 a ser administradas nos centros de saúde. Mas a eventual opção por uma terceira dose poderá atrasar o processo.

Foto
Depois de ter "descido" até aos jovens a partir dos 12 anos de idade, a campanha de vacinação contra a covid-19 vai começar a desacelerar Paulo Pimenta

Numa altura em que o país caminha a passos largos para ter 85% da sua população com a vacinação completa, o que poderá acontecer a partir da terceira semana de Setembro, algumas autarquias já estão a preparar a desactivação dos centros de vacinação em massa. A “desmobilização” do primeiro centro de vacinação em grande escala a abrir em Portugal, instalado no pavilhão Multiusos de Gondomar, “já está a ser preparada”, adianta o presidente da autarquia, Marco Martins. A não ser que haja indicação de que será necessária uma terceira dose, frisa, a vacinação deverá passar para os centros de saúde no final de Setembro, se nessa altura o grosso da população elegível já estiver completamente vacinada, como antevê a task force responsável pela campanha de vacinação.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários