Jornal Politico tentou vender ao Governo “conteúdos” para promover presidência da União Europeia

O jornal Politico propôs ao Governo português publicar “conteúdos” a “realçar a presidência portuguesa da União Europeia”. Na publicidade, chama-se brand content. Portugal rejeitou.

Foto
LUSA/ANTONIO PEDRO SANTOS

O jornal digital Politico, que tem 2,7 milhões de visitantes únicos mensais e é lido por governos e elites internacionais, propôs ao Governo português uma campanha de publicidade e “conteúdos” informativos para “realçar o papel da presidência portuguesa da União Europeia”.