Moradores já podem criar os seus pequenos jardins urbanos nas ruas de Alvalade

Quem reside, está recenseado, trabalha ou estuda na Freguesia de Alvalade pode criar e manter um jardim urbano em Lisboa. A iniciativa partiu de um morador em 2020 mas a Junta de Freguesia de Alvalade deu-lhe continuidade e as candidaturas já abriram.

Foto
Nuno criou um jardim em frente ao prédio onde fica o seu ateliê Rui Gaudêncio

Tudo começou pela mão de um morador, Nuno Prates, que viu o jardim que criou à porta de casa destruído pela Junta de Freguesia de Alvalade. Face às reacções perante o seu gesto, a autarquia emendou a mão e juntou-se ao movimento, dando-lhe um carácter oficial. Na sexta-feira atribuiu formalmente o primeiro pequeno jardim urbano. O objectivo é que qualquer pessoa (maior de idade) que resida em Lisboa ou que esteja recenseada, trabalhe ou estude na freguesia de Alvalade possa, através de uma candidatura, explorar livremente um dos espaços verdes públicos do bairro.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários