Empresa portuguesa arrisca multa de 600 mil euros por enviar ilegalmente resíduos de plástico para a Roménia

Várias falhas detectadas. A fiscalização foi levada a cabo pela Inspecção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, que identificou um movimento transfronteiriço ilegal de cerca de 15 toneladas de plástico. A inspecção também detectou uma tentativa de importação de 1034 cilindros de gás fluorado com efeito de estufa, com 10 kg cada.

Foto
Já foram identificadas este ano cerca de 40 situações de incumprimento legal em matéria de transporte de resíduos adriano miranda

Uma empresa portuguesa foi apanhada a enviar resíduos de plástico para a Roménia sem cumprir os requisitos necessários para o fazer. A Inspecção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT) detectou três incumprimentos no transporte destes resíduos por parte da referida empresa. O valor das multas pode chegar aos 600 mil euros.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários