Vacinação dos mais jovens já teve luz verde na maioria dos países europeus

As divergências entre países quanto à vacinação dos mais jovens diz respeito à definição de quem deve ser vacinado: vale a pena imunizar todos ou deve o plano de vacinação cingir-se às crianças e adolescentes mais vulneráveis e com maior risco de contrair formas graves da doença?

Foto
Jovem recebe uma dose da Pfizer num centro da vacinação em Londres, no Reino Unido Reuters/HENRY NICHOLLS

A vacinação contra a covid-19 de jovens não reúne consenso entre especialistas e entidades reguladoras, e as posições têm variado quanto à urgência deste passo considerando os riscos e benefícios que podem daí advir. Na Europa, a maioria dos países já aprovou a administração de doses aos mais novos, ainda que com algumas divergências nas restrições: uma boa parte dos países já tem em marcha ou planeia vacinar todo o grupo etário, mas alguns estados optam por imunizar para já apenas jovens com comorbidades de risco.