Netflix incluirá videojogos grátis nas assinaturas e queixa-se dos “grumos” da covid-19 no seu crescimento

Plataforma líder tem agora 209 milhões de assinantes, revelam resultados do segundo trimestre. Produção ainda com atrasos, zero novidades sobre Stranger Things e perda de subscritores nos EUA.

Foto
"Stranger Things", um dos regressos mais aguardados da Netflix, continua em fase de produção Netflix

Depois de ter ganho 36,5 milhões de subscritores com a pandemia em 2020, a Netflix queixa-se de “grumos” e de “agitação” no seu crescimento no final do primeiro semestre deste ano. Mas somou mais 1,5 milhões de assinaturas e anunciou que vai incluir gratuitamente videojogos nas subscrições, bem como o regresso de várias séries populares já este trimestre. Na apresentação de resultados de terça-feira à noite, a maior plataforma de streaming do mundo revelou que tem agora 209 milhões de assinantes e que vai desenvolver os seus próprios jogos, relacionados com séries suas como já fez com Stranger Things ou criando videojogos originais que depois se desdobrem em séries ou filmes.