Rui Costa tranquiliza adeptos no discurso de posse: “Quero um Benfica unido”

Novo presidente fez uma declaração em pleno relvado do Estádio da Luz, prometendo colocar os interesses do clube à frente de tudo e de todos.

Foto
LUSA/MIGUEL A. LOPES

Rui Costa fez esta sexta-feira, pouco antes das 21 horas, no relvado do Estádio da Luz, o primeiro discurso na qualidade de novo presidente do Benfica, numa declaração breve dirigida aos sócios e aos investidores, que procurou tranquilizar com a promessa de empenho e dedicação, colocando o clube à frente de quaisquer interesses. 

“Sou a partir de hoje presidente do Sport Lisboa e Benfica na exacta medida dos estatutos do clube. Assumo esta liderança com o mesmo orgulho, a mesma paixão e compromisso com que vesti pela primeira vez a camisola do nosso Benfica”, declarou, explicando a escolha do local para a primeira intervenção enquanto líder do clube, sem direito a perguntas dos media.

“Decidi fazer a minha apresentação enquanto presidente no meio do relvado, onde, com a nossa camisola, vivi os momentos mais felizes da minha vida. Sei a responsabilidade que hoje assumo, sei o que os benfiquistas esperam de mim. Sei o que os benfiquistas esperam de quem está nesta posição. E tudo farei, tudo darei de mim. Tudo farei para que o clube seja cada vez maior”, prosseguiu.

“Os tempos são desafiantes, mas não são tempos de divisões. São tempos de nos unirmos em prol do que é mais importante: o Benfica. A nossa prioridade é preparar as épocas desportivas, quer do futebol quer das modalidades, e temos de o fazer com a maior das ambições. E esse será sempre o meu foco e o meu lema: ganhar!”.

Rui Costa terminou com um apelo à serenidade. “Quero transmitir uma mensagem de confiança aos nossos sócios, acima de tudo. Continuaremos a honrar, como sempre fizemos, os compromissos. Saberei ouvir as mensagens dos benfiquistas, pondo sempre os interesses do clube à frente de qualquer coisa que apareça. Serei sempre um de vocês. Quero um Benfica forte, unido e trabalharei diariamente para que isso aconteça”, concluiu, prometendo analisar e discutir toda a actualidade a breve trecho.