Deputada do PS fala de “atitude profundamente preconceituosa e racista”

Romualda Fernandes pronuncia-se pela primeira vez sobre a notícia da Lusa para dizer que aquilo que a define não é a cor da pele, mas os seus valores, as suas atitudes, as suas virtudes.

Foto
Romualda Fernandes com António Costa na campanha das legislativas Francisco Romão Pereira

A deputada do PS Romualda Fernandes sempre se orgulhou das suas origens, daí que o caso da notícia da agência Lusa, que a identificava com uma palavra racista, a tenha surpreendido, porque, afirma em declarações ao PÚBLICO, aquilo que a define não é a cor da sua pele, nem como mulher, nem como cidadã, nem como parlamentar.” E explica: “O que me define são os meus valores, as minhas atitudes, as minhas virtudes.”