Há mais de 11 mil deslocados em Afungi à espera de ajuda humanitária

Agências das Nações Unidas queixam-se de falta de corredores humanitários seguros para salvar vidas em Cabo Delgado.

Foto
A família N'Guila é uma das muitas que acolheu deslocados na sua casa em Pemba Reuters

Mais de 11 mil deslocados da província moçambicana de Cabo Delgado estão acampados em Quitunda, na península de Afungi, junto ao local de construção das infra-estruturas de produção de gás natural da Total. De acordo com a Organização Internacional para as Migrações (OIM), as 11.104 pessoas estão alojadas precariamente na escola primária de Quitunda e a maioria chegou pelo seu próprio pé à localidade que é agora controlada pelo exército moçambicano. Outras fontes dizem, no entanto, que o número de deslocados em Quitunda pode chegar aos 20 mil. 

Sugerir correcção
Comentar