Astronomia

Um robô da NASA aterra em Marte e, na Terra, montanhas iluminam-se em tributo

O artista Gerry Hofstetter voltou a iluminar montanhas na Suíça. Desta vez, as projecções foram uma homenagem à missão Mars 2020 — Perseverance, que chega esta quinta-feira a Marte.

EPA/VALENTIN FLAURAUD
Fotogaleria
EPA/VALENTIN FLAURAUD

Depois de ter coberto picos do Monte Matterhorn, nos Alpes Suíços, com bandeiras de diversos países (inclusivamente de Portugal), Gerry Hofstetter voltou a iluminar montanhas — desta vez com um tributo a Mars 2020 — Perseverance, a missão de exploração da NASA em Marte. O artista de luz projectou o helicóptero Ingenuity na montanha Tschuggen, também na Suíça, Marte na montanha Jungfrau, mas não se esqueceu do logótipo da NASA nem dos astronautas que tantas missões tornam possíveis. As projecções aconteceram no dia 15 de Fevereiro, e foram feitas a partir do chão e de um helicóptero, a oito quilómetros de distância e 2,2 de altura. 

O veículo robotizado Perseverance deverá aterrar em Marte esta quinta-feira, 18 de Fevereiro, na cratera de Jezero, onde terá existido um lago e um delta. O robô vai recolher amostras de solo e rocha, que serão enviadas para a Terra em 2031. Esta é a primeira missão dedicada à astrobiologia, sendo que a NASA vai procurar sinais (químicos) de vida microbiana passada em Marte, caracterizar o clima e a geologia do planeta. E, eventualmente, enviar astronautas para a sua superfície. 

EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
EPA/VALENTIN FLAURAUD
Sugerir correcção