Profissionais de saúde do privado ainda não sabem quando serão vacinados contra a covid-19

Vacinação contra a covid-19 arranca a 27 de Dezembro em cinco centros hospitalares do país. Sector privado continua sem indicações sobre inoculação dos profissionais de saúde e dos doentes de risco internados nos hospitais privados a pedido do SNS.

Foto
Manuel Roberto

Os profissionais de saúde do sector privado não receberam ainda qualquer informação sobre quando serão vacinados contra a covid-19, enquanto os colegas do Serviço Nacional de Saúde (SNS) começam a ser inoculados a partir do dia 27 de Dezembro em cinco hospitais do país, avança o jornal Expresso.

A situação foi denunciada pelo actual presidente da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada e antigo secretário de Estado da Saúde do PS, Óscar Gaspar, e foi já enviada uma missiva de protesto no passado dia 10 de Dezembro pelo Conselho Estratégico Nacional da Saúde da Confederação Empresarial de Portugal ao primeiro-ministro, com conhecimento da ministra da Saúde e do coordenador da task force para a vacinação contra a covid-19. Porém, a denúncia — que, além de criticar a falta de indicações sobre a vacinação dos profissionais de saúde, questiona também o Governo sobre a inoculação dos doentes de risco internados nos hospitais privados a pedido do SNS — continua sem resposta.

O sector lamenta o tratamento desigual, numa altura em que o difícil acesso às unidades públicas leva a um aumento da adesão das pessoas aos hospitais e clínicas privadas. Porém, ao Expresso, o gabinete da ministra da Saúde garante que os profissionais de saúde serão vacinados independentemente do sector onde trabalham. Também os laboratórios privados que recolhem amostras para o diagnóstico do novo coronavírus continuam a aguardar indicações sobre a vacinação dos seus profissionais.