Covid-19 em Portugal: 5839 novos casos e 78 mortes. Doença matou dez pessoas abaixo dos 40 desde Março

Morreu na quarta-feira um homem na faixa etária dos 30 aos 39 anos. Região Norte volta a concentrar mais de metade dos óbitos e novos casos e a região Centro bateu pelo segundo dia consecutivo o máximo diário de infecções. Número de internamentos em cuidados intensivos voltou a descer.

Portugal registou na quarta-feira mais 78 mortes por covid-19 e 5839 novos casos de infecção, revela o boletim da Direcção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta quinta-feira. É o segundo dia com mais mortes desde o início da pandemia (apenas atrás dos 82 óbitos notificados na quarta-feira), o número de vítimas mortais sobe assim para 3181 (aumento de 2,5%). O total de infectados ascende a 198.011 desde o início da pandemia.

O boletim desta quinta-feira reporta a morte de mais um homem na faixa etária dos 30 aos 39 anos, a décima vítima abaixo dos 40 anos desde o início da pandemia, em Março: há registo de uma criança com menos de nove anos (uma bebé de quatro meses, em Agosto); dois homens e uma mulher com idades entre os 20 e os 29 anos; e três homens e três mulheres entre os 30 e os 39 anos.

Recuperaram, até às 0h desta quinta-feira, mais 3336 pessoas recuperadas, aumentando o total de recuperações para 113.689. Excluindo estes casos e os óbitos, há 81.141 casos activos em Portugal, mais 2425 do que no dia anterior.

Há 2794 pessoas internadas (mais nove do que no dia anterior), das quais 383 estão nos cuidados intensivos (menos oito, a segunda diminuição em três dias).

A maior parte das infecções foram identificadas na região Norte (3567, cerca de 61%), com Lisboa e Vale do Tejo a contabilizar 1345 dos novos casos. As duas regiões acumulam 84% dos novos casos notificados no boletim desta quinta-feira. A região Centro registou pelo segundo dia consecutivo um novo máximo diário de infecções, com mais 749, para além de mais seis mortes (total de 395 óbitos e 18.508).

A região Norte voltou também a registar mais de metade das mortes que aconteceram na quarta-feira, com mais 45, somando agora um total de 1459 mortes e 97.624 casos desde o início da pandemia. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com mais 25 mortes (1206 vítimas mortais em 73.281 casos de infecção). Foram ainda registadas duas mortes no Alentejo (73 óbitos, 3741 casos).

Das 78 mortes adicionais que constam do relatório, 69 foram de doentes com 70 ou mais anos, cerca de 88%. A taxa de letalidade global é de 1,6%, ascendendo a 9,9% em casos de pessoas com 70 ou mais anos.

Sabe-se ainda que foram notificados, até às 00h desta quinta-feira, 77 novos casos no Algarve (3715 casos e 31 mortes), 29 nos Açores (542 casos e 15 mortes) e 16 na Madeira (600 infecções e duas mortes).