Biden quer fazer a festa, mas Trump recorre aos tribunais

Candidato do Partido Democrata foi declarado vencedor em estados importantes, como o Michigan e o Wisconsin, e pode garantir a eleição na quinta-feira. Presidente dos EUA exige recontagem de votos e lança acusações de fraude.

Foto
O candidato do Partido Democrata tem um caminho menos complicado em direcção à Casa Branca Reuters

Não demorou muito até se perceber que o maior sonho do Partido Democrata norte-americano, de despedir o Presidente Donald Trump da Casa Branca com vitórias esmagadoras nas eleições de terça-feira, estava em risco de se tornar uma repetição do pesadelo de 2016. Mas se é verdade que a vitória de Joe Biden não surgiu rápida e mortal, com fogo-de-artifício em estados como a Florida e o Texas, também é verdade que parece estar a caminho, devagar, ao ritmo da pouca vontade demonstrada pelo Presidente Trump para aceitar a derrota.

Sugerir correcção