Contratos covid-19: Portugal transparente numa Europa cheia de “buracos negros”

Países como a Bélgica ou a Holanda não revelam os seus gastos com a pandemia e tornaram-se “buracos negros” de informação. Portugal foi o que mais contratos divulgou, mas a informação “é manifestamente insuficiente”, diz Transparência e Integridade.

administracao-publica,empresas,sociedade,servico-nacional-saude,ccp,governo,
Foto
Mário Cruz/Lusa

Portugal foi o país europeu que divulgou o maior número total de contratos do combate à covid-19 (14.437, num total de 477 milhões gastos), mesmo sendo um dos países mais pequenos de todas as nações europeias analisadas pelo consórcio de jornalistas Organized Crime and Corruption Reporting Project (​OCCRP), em parceria com o PÚBLICO.