Quatro listas concorrem às eleições do Benfica

As eleições do Benfica estão marcadas para o dia 30 de Outubro.

Sócios do Benfica nas eleições de 2016
Foto
Sócios do Benfica nas eleições de 2016 Rui Gaudencio

O prazo para entrega das listas candidatas aos órgãos sociais do Benfica terminou nesta terça-feira, com João Noronha Lopes, Bruno Costa Carvalho e Rui Gomes da Silva a avançarem, tal como o actual presidente, Luís Filipe Vieira.

O empresário Luís Filipe Vieira avançou com a candidatura à presidência do Benfica para o quadriénio 2020/2024, eleições nas quais concorre a um sexto mandato. A lista liderada por Luís Filipe Vieira aos órgãos sociais foi subscrita por um número de associados do clube correspondente a 23.344 votos.

João Noronha Lopes, empresário que foi vice-presidente no mandato de Manuel Vilarinho, também se candidata à liderança dos destinos do clube, tendo entregado a documentação, acompanhada de assinaturas de sócios proponentes correspondentes a mais de 25 mil votos.

A lista liderada pelo empresário Bruno Costa Carvalho, que já concorreu às eleições do Benfica em 2009, entregou a sua candidatura, acompanhada pela assinatura de sócios correspondentes a 12.000 votos.

Também foi formalizada a candidatura do advogado Rui Gomes da Silva, que chegou a ser vice-presidente de Luís Filipe Vieira. A candidatura entregou a documentação, mas não divulgou o número de sócios subscritores, embora fonte da mesma tenha assegurado que “superou bastante o número necessário”.

Assim, a lista A é liderada por Luís Filipe Vieira, a lista B por João Noronha Lopes, a lista C por Bruno Costa Carvalho e a lista D por Rui Gomes da Silva.

A alteração dos estatutos do Benfica, que passaram a exigir 25 anos consecutivos de sócio efectivo (com mais de 18 anos) para concorrer à presidência do clube, deixa Bruno Costa Carvalho, que tem menos anos de associado, à espera de uma resposta do presidente da Assembleia-Geral.

As eleições do Benfica estão marcadas para o dia 30 de Outubro.

Sugerir correcção