O Chega “abriu caminho” e agora a Liga Nacional quer explorá-lo

Um dos fundadores do Chega, Pedro Perestrello, está a lançar um novo partido para disputar o espaço de André Ventura e mais além. Procuram um rosto mediático e uma das figuras contactadas foi Suzana Garcia, antiga comentadora do programa da manhã da TVI, que recusou.

mario-machado,partidos-movimentos,pnr,extremadireita,politica,tribunal-constitucional,
Fotogaleria
Daniel Rocha
mario-machado,partidos-movimentos,pnr,extremadireita,politica,tribunal-constitucional,
Fotogaleria
Pedro Perestrello ao centro, de camisa branca Daniel Rocha
mario-machado,partidos-movimentos,pnr,extremadireita,politica,tribunal-constitucional,
Fotogaleria
Daniel Rocha

Considerando que o Chega está em permanente guerra civil e corre o risco de implodir, Pedro Perestrello e dissidentes do Chega estão a dar os primeiros passos na criação de uma nova força política que dispute o espaço de André Ventura. Chama-se Liga Nacional e o programa político e a estrutura estão há meses a ser montados, com contactos a serem feitos também para se encontrar um rosto mediático para dirigir a nova força política. Uma das contactadas foi Suzana Garcia, antiga comentadora do programa da manhã da TVI, que recusou o convite.