Entrevista

Elvira Fortunato: “Materiais da electrónica transparente são usados hoje em indústrias multimilionárias”

A cientista portuguesa recebeu agora um prémio da Comissão Europeia que reconhece projectos cujos resultados tiveram impacto na sociedade.

comissao-europeia,ciencia,samsung,uniao-europeia,nanotecnologia,investigacao-cientifica,
Foto
A cientista Elvira Fortunato Nuno Ferreira Santos

No final de Setembro, Elvira Fortunato foi distinguida com o Prémio Impacto Horizonte 2020 pelo projecto Invisible, que já tinha recebido uma bolsa do Conselho Europeu de Investigação em 2008. Através desse projecto, acabou por contribuir para a criação de uma nova área tecnológica – a electrónica transparente e a utilização de materiais sustentáveis –, que permitiu produzir (entre outras aplicações) o primeiro ecrã do mundo totalmente transparente.