Um computador dentro de um disco rígido: conheça a “máquina virtual” de Rui Pinto

Especialista da Polícia Judiciária diz que ataques informáticos partiram deste disco, onde foram encontrados programas de obtenção de passwords.

Foto
Rui Pinto em tribunal Rui Gaudêncio

O barulho das teclas do portátil chegava ao fundo da sala: sentado no banco de testemunhas, José Bento, especialista adjunto da Polícia Judiciária (PJ), inseria a palavra-chave que abre as portas a um dos discos rígidos na posse de Rui Pinto em Budapeste. Ou, neste caso, a uma virtualização, uma cópia idêntica do original que permite ver todos os ficheiros e documentos armazenados.

Sugerir correcção