Governo propõe criação de mais 8000 camas de cuidados continuados

Entre as medidas inscritas no Plano de Recuperação e Resiliência, a que o PÚBLICO teve acesso, está também o reforço dos meios complementares de diagnóstico, sobretudo nos centros de saúde.

,Coronavírus
Foto
Nelson Garrido

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) que o primeiro-ministro, António Costa, vai apresentar na terça-feira ao lado da presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, inclui investimentos avultados na área da Saúde, para a criação de 8000 novas camas para cuidados integrados e paliativos, em toda a rede, e para o reforço dos equipamentos de diagnóstico no Serviço Nacional de Saúde.